Use o seu Raspberry Pi como servidor de Torrents

Share

Um dos diferenciais da plaquinha Raspberry Pi, é que ela dispõe de vários recursos por ser um mini computador com acesso a internet sem consumir muita energia. Ela foi feita para ficar ligada o tempo todo, 24horas por dia sem problemas consumindo apenas 5v.

Já que ela tem esse diferencial, por que não usar como servidor de Torrents? Isso é possível graças ao Transmission para Linux.

O mais legal disso, é que ele roda muito bem em segundo plano caso você use o Retropie/Recalbox para jogar, ele continua baixando seus torrents e não interfere no desempenho dos jogos.

Para instalar o Transmission BT, basta seguir os passos:

1 – Acesse o seu Raspberry via SSH.

2 – Rode o comando:

sudo add-apt-repository ppa:transmissionbt/ppa
sudo apt-get update

3 – E agora rode o comando a seguir para instalar:

sudo apt-get install transmission-daemon

4 – Após instalar, configure ele com o seguinte comando:

transmission-daemon -f -t -u seu_usuario -v sua_senha -w /home/pi/RetroPie/Downloads -g /etc/transmission-daemon/

Repare que em vermelho é seu login e senha, isso é para acessar o cliente web, altere para o que desejar.

5 – Dê permissão na pasta onde será salvo o seus torrents:

chmod -R 777 /home/pi/RetroPie/Downloads

6 – Agora reinicie o Transmission:

/etc/init.d/transmission-daemon restart

7 – Agora acesse no browser do seu computador a url:

http://ip_do_seu_raspberry:9091/

Pronto, seu servidor torrent já está configurado e pronto para uso.

Uma dia é alterar a pasta para onde é salvo os torrents, para um hd externo ou pendrive caso seu cartão microsd seja pequeno.

5 opiniões sobre “Use o seu Raspberry Pi como servidor de Torrents

  • fevereiro 15, 2017 em 12:18 pm
    Permalink

    Legal o tutorial, seria interessante adicionar aqui mesmo como fazer a dica que mencionou de trocar o diretório para um armazenamento externo.

    Resposta
    • março 7, 2017 em 9:57 am
      Permalink

      Não precisa de tutorial, tudo que ligar nas USB fica mapeado como /media/usb0… usb1… usb2… etc.

      Resposta
  • agosto 16, 2017 em 10:40 am
    Permalink

    Cara, tubo bem? Tem como eu instalar isso pra rodar no background do batocera.linux 5.8?

    Resposta
    • agosto 16, 2017 em 11:05 am
      Permalink

      Raphael, acredito que dê sim, porém o linux usado no Batocera é baseado no Build Linux, um linux bem simples, então pode ser que pra rodar o torrent em background precise de dependências que este linux não possui.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *